terça-feira, 30 de outubro de 2007

Opa, sejamos racionais. Não é porque você o ama incondicionamente (ou acredita nisso) que você vai sair por aí jurando amor eterno. Amor é algo muito sério, não devemos tratá-lo como uma roupa nova pela qual estávamos apaixonadas, compramos (conquistamos) e depois de usar algumas vezes enjoamos dela e largamos no armário. Amor não se guarda no armário. Roupas não são eternas.
Aquele sentimento nascido não se sabe de onde, que te enlouquece e te faz perder horas de sono pensando no que ele pode estar fazendo naquele momento (o momento em que você deveria estar dormindo), ou mesmo agora enquanto escrevo isso, ah, esse se desse pra levar na costureira e costumizar, mudar a cara, transformar naquela outra pecinha que você tanto estima, não teria esse nome que traduz tantas coisas...
A-M-O-R
Não é um contrato, nem sempre é recíproco, é sim infindável, mas você antes precisa descobrir se é isso mesmo o que você sente antes de gritar ao mundo que não acabará...
E como já haviam me dito antes, não se consegue deixar de amar, se se consegue, não era amor...
Mas é perfeitamente aceitável arrancar esses pensamentos "obscuros" do seu dia-a-dia e abrir sua cabeça pra novos amores, ou novas descobertas, que sejam...
A vida tá aí pra ser vivida menina.
Aproveita a juventude que essa sim não volta.
E beijar nunca é demais...


Uma louca escrevendo pra ela mesma...
Aiiiii, preciso do autoflagelo pra ver se arranco esse barbado da minha cabeça...
E ah, eu não juro amor eterno, só à mãe e aos amigos, que esses não dão tantos calafrios.



7 comentários:

david santos disse...

Por favor!
Faz alguma coisa pela "justiça" brasileira.
Flávia vive em coma e a "justiça" brasileira também.

Obrigado
David Santos

DuH disse...

O_o

q papo é esse de justiça brasileira? não entendi...

mas enfim... amor, me decepcionei tanto com ele esses dias... pelo menos a pessoa q me fez sofrer percebeu o qnt é ruim sofrer por alguém(q por alguma acaso não sou eu) e ficou com pena de mim...

*Aninha* disse...

amor eh sempre amor, confuso e banal e ao mesmo tempo o ar que respiramos
=*

Aryane Souza disse...

Ahh...

quer saber?

EU AMO

Amanda_Bia disse...

to aprendendo a não jurar amor eterno tb! porque amor sempre acaba, e dependendo da forma como ele fica acaba por acabar!
beijos!

Scheidex disse...

o amor só é eterno quando passar uma eternidade e ele não tiver acabado...

Bom texto...
parabéns

sutil como um marimbondo disse...

não é pq vc o ama incondicionalmente...

é preciso sentir calafrios...