sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Eu que não amo você

E eu que achava que já tinha te esquecido
Que já tinha enterrado esses sentimentos , as ânsias tolas, arrancado do peito o que não sai.
E eu que achava que já não te amava.
Eu que finjo que não amo você.
Nem cigarros, nem mil doses de conhaque me fariam cessar o frio que a tua ausência provoca.
E assim, meio sóbria, entorpecida, guardo minha saudade e nunca te encontro em outros braços, por mais que procure, a porta que deixastes aberta só tu mesmo podes fechar.
E o que são dez anos em um mês, se tendo passado seis ainda não esqueci o gosto do teu beijo.
Passem-se trinta, quarenta anos, tua presença em mim ainda arde mais que conhaque rasgando a garganta e queimará mais que fogo consumindo o fumo.
Os dias correm, noites desenrolam-se, mas bem sabes como é difícil encontrar a palavra certa, a hora certa de voltar [voltar ao mundo real, aquele em que você não está].
A tempestade volta à tona e lava o meu rosto.
Sem fumar, queria um cigarro.
Sem beber, quero um conhaque.
Sem amar [a nada], amo a ti.
Sem querer, te quero.
Sem cobertas, só tenho inverno.
Nem sei mais onde é o meu lugar se não for em teus braços. Protegem do frio.
Entre meios caminhos permaneço. Dançando a música que não toca.
E quando passar denovo, por favor, fecha a porta!




Ouvindo:
Eu que não amo você
Engenheiros do Hawaii.

6 comentários:

Mai Amorim disse...

"E quando passar denovo, por favor, fecha a porta!"


E a vacosa ainda tem a cara de pau de dizer que tá sem inspiração ¬¬

Entre todas as minhas confusões de sentimentos, me achei em teu post.
Um dia, quando eu puder expor tudo pra ti, explico o q vem se passando.. =/

e daí vc me dá um tapa asuhsauhsa

Há pessoas que marcam de uma certa forma que não adianta cobrir com panos, maquiagem, lágrimas, álcool, Black's e CIa... elas ainda ficam ali. E nunca se sabe até que ponto isso é bom.

Fanfarrão disse...

De duas uma..
ou é dor de cotovelo ou é amor platônico. Ta mais pra amor mesmo.

Tem pessoas que sabem como nos marcar, e tem as que queremos que marquem.

Aryane Souza disse...

Senti um pouco DELE nisso tudo...

mas o q importa msm é que EU AMO VC MUUUUUUITO,..

saudades minha veludinha

. disse...

e o que sera pior, mentir para os outros ou para o coração??

definitivamente, para o coração.
pq esse, nao tem quem faça, nao da para mentir ;)

achamos tantas coisas e no final das contas o fim da estrada é totalmente diferente ou nao é nem mesmo o fim :)


bjooo bulaaa

Eu que ja amo voce, nao preciso dizer mais nada :)
alem de te aturar todas manhas. :)

Scheidex disse...

ahaha
tem presente pra você no meu blog...
vai lá
^^

Sombra. disse...

http://omeubodoque.blogspot.com/

da uma olhada.. comecei a pouco

vo postar as coisas da vida!

bjoo